Imprensa livre e independente
21 de julho de 2018, 08h56

Bolsonaro confirma que Janaína Pascoal pode ser sua vice

“Ela volta ao radar, pois está no nosso partido e tem muito a contribuir”, afirmou o pré-candidato à presidência da República

(foto: Edilson Rodrigues)
Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSL à presidência da República, ressaltou que a advogada Janaína Paschoal voltou a ter uma chance concreta de ser a vice de sua chapa, segundo reportagem de Leonencio Nossa, do Estado de S.Paulo. “Ela volta ao radar, pois está no nosso partido e tem muito a contribuir”, disse. “Precisamos avaliar as afinidades dela com nossas propostas, como a questão da redução da maioridade e do porte de armas”. Bolsonaro chegou a dizer que, “com certeza”, seu vice seria um general da reserva do Exército. Ele tentou negociar com o PRP para ter o general o general...

Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSL à presidência da República, ressaltou que a advogada Janaína Paschoal voltou a ter uma chance concreta de ser a vice de sua chapa, segundo reportagem de Leonencio Nossa, do Estado de S.Paulo. “Ela volta ao radar, pois está no nosso partido e tem muito a contribuir”, disse. “Precisamos avaliar as afinidades dela com nossas propostas, como a questão da redução da maioridade e do porte de armas”.

Bolsonaro chegou a dizer que, “com certeza”, seu vice seria um general da reserva do Exército. Ele tentou negociar com o PRP para ter o general o general Augusto Heleno Ribeiro, na vice, o que não deu certo, e ainda avaliou o nome do general Hamilton Mourão.

A presidência do PRTB, partido ao qual Mourão está filiado, brecou o acordo. Em conversa com o deputado Major Olympio (PSL-SP), Janaína chegou a acertar uma candidatura à Assembleia Legislativa de São Paulo. “Avaliamos que ela pode contribuir numa campanha à Presidência”, destacou Bolsonaro.

Veja também:  Danilo Gentili: "Eduardo Bolsonaro falando inglês parece até o pai dele falando português”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum