Imprensa livre e independente
04 de agosto de 2018, 00h16

Bolsonaro diz que nunca foi homofóbico e entre os gays ele ganha

Jair Bolsonaro já deu inúmeras demonstrações de homofobia, mas na GloboNews disse que não é homofóbico

Em entrevista na noite desta sexta-feira (4) na GloboNews, o candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse que não é homofóbico. “Essa história começou nos corredores da Câmara quando eu descobri o kit gay”, afirmou já revelando a sua homofobia. “O pai não quer chegar em casa e ver o filho brincando de boneca, por influência da escola. O patrimônio de um pai e uma mãe são seus filhos”, completou em mais uma fala preconceituosa. “Nunca tive problema com homossexual. Alguém sabe se eu sou gay aqui?”, questionou o militar. Com a resposta de Bolsonaro, o jornalista Merval...

Em entrevista na noite desta sexta-feira (4) na GloboNews, o candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse que não é homofóbico. “Essa história começou nos corredores da Câmara quando eu descobri o kit gay”, afirmou já revelando a sua homofobia.

“O pai não quer chegar em casa e ver o filho brincando de boneca, por influência da escola. O patrimônio de um pai e uma mãe são seus filhos”, completou em mais uma fala preconceituosa.

“Nunca tive problema com homossexual. Alguém sabe se eu sou gay aqui?”, questionou o militar. Com a resposta de Bolsonaro, o jornalista Merval Pereira lembrou o pai da psicanálise Sigmund Freud. “Isso é uma coisa que me vem a cabeça, Freud…essas coisas”, já que o preconceito por conta da orientação sexual é um tema frequente do candidato. “Eu também penso isso de você, esse seu jeito de gesticular”, devolveu ao jornalista.

Por fim, Bolsonaro afirmou que ele “ganha entre os gays”.

Jair Bolsonaro já deu inúmeras demonstrações de homofobia. Uma delas, em 2015, rendeu ao deputado a obrigatoriedade de pagar uma indenização de R$ 150 mil por danos morais ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDDD), criado pelo Ministério da Justiça. A ação foi ajuizada pelos grupos Diversidade Niterói, Cabo Free de Conscientização Homossexual e Combate à Homofobia e Arco-Íris de Conscientização. Durante o programa CQC, na época exibido pela TV Bandeirantes, Bolsonaro afirmou que nunca passou pela sua cabeça ter um filho gay, porque seus filhos tiveram uma “boa educação”.

Veja também:  Embaixadores brasileiros nos EUA não fizeram “nada de bom” desde 2003, afirma Bolsonaro

Em outra oportunidade, o deputado deu uma declaração dizendo que não contrataria um motorista gay para levar seu filho na escola. Outra frase reveladora do deputado: “Ter filho gay é falta de porrada”.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum