Imprensa livre e independente
14 de junho de 2019, 14h53

Bolsonaro diz que se Lula recebesse facada, “sairia cachaça com certeza”

Presidente criticou declaração do ex-presidente petista feita durante entrevista; general ministro já havia se exaltado com a mesma fala

Brasília, 14.jun.2019 - Bolsonaro toma café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto (Marcos Corrêa/PR)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14) que se dessem uma facada na barriga do Lula, “sairia cachaça com certeza”. A declaração foi feita durante café-da-manhã com jornalistas no palácio do Planalto, acompanhada pela repórter Renata Agostini, do Estadão. Bolsonaro comentava a entrevista de Lula ao TVT, concedida nesta quinta-feira na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde cumpre pena dentro da Operação Lava Jato. Nela o ex-presidente questionou o atentado sofrido por Bolsonaro durante a campanha presidencial, em Juiz de Fora (MG) em setembro do ano passado “Tem alguma coisa muito estranha”, afirmou o petista. Inscreva-se no nosso Canal...

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14) que se dessem uma facada na barriga do Lula, “sairia cachaça com certeza”. A declaração foi feita durante café-da-manhã com jornalistas no palácio do Planalto, acompanhada pela repórter Renata Agostini, do Estadão.

Bolsonaro comentava a entrevista de Lula ao TVT, concedida nesta quinta-feira na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde cumpre pena dentro da Operação Lava Jato. Nela o ex-presidente questionou o atentado sofrido por Bolsonaro durante a campanha presidencial, em Juiz de Fora (MG) em setembro do ano passado “Tem alguma coisa muito estranha”, afirmou o petista.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Que eu saiba, presidiário presta depoimento e não dá entrevista”, criticou Bolsonaro.

Antes, o general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, já havia se exaltado com o questionamento de Lula acerca da fada de Bolsonaro: “E será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira?”, afirmou o general em meio a socos na mesa.

Veja também:  Ação popular pede que Jair Bolsonaro seja proibido de nomear o filho para cargo de embaixador

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum