Imprensa livre e independente
21 de dezembro de 2018, 09h18

Bolsonaro garante que vai perdoar dívida de R$ 17 bilhões de ruralistas, diz Nabhan Garcia

Futuro secretário de Assuntos Fundiários no Ministério da Agricultura, o presidente da UDR disse que o presidente eleito cumprirá a promessa de campanha feita em vídeos.

Arquivo
Futuro secretário de Assuntos Fundiários no Ministério da Agricultura, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antônio Nabhan Garcia disse ao jornalista Cristiano Zaia, na edição desta sexta-feira (21) do jornal Valor Econômico, que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) garantiu que vai trabalhar para aprovar a Lei 9.525/2017 que concede perdão total das dívidas acumuladas por produtores rurais e agroindústrias com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), com valor estimado de R$ 17 bilhões. Leia também: Ruralistas vão emitir a própria licença ambiental, diz futuro presidente do Ibama “Conversei com o Bolsonaro esses dias na Granja do...

Futuro secretário de Assuntos Fundiários no Ministério da Agricultura, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antônio Nabhan Garcia disse ao jornalista Cristiano Zaia, na edição desta sexta-feira (21) do jornal Valor Econômico, que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) garantiu que vai trabalhar para aprovar a Lei 9.525/2017 que concede perdão total das dívidas acumuladas por produtores rurais e agroindústrias com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), com valor estimado de R$ 17 bilhões.

Leia também: Ruralistas vão emitir a própria licença ambiental, diz futuro presidente do Ibama

“Conversei com o Bolsonaro esses dias na Granja do Torto e ele garantiu que vai cumprir sua promessa de campanha de que faria tudo para resolver o problema do Funrural, e resolver está muito claro o que é: aprovar a lei que isenta o pagamento retroativo”, disse Garcia.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Antes de se eleger, Bolsonaro gravou dois vídeos defendendo o projeto de anistia aos débitos da contribuição previdenciária. A associação Andaterra voltou a circular as gravações nas redes sociais agora em dezembro para pressionar o agora presidente eleito.

Veja também:  Ameaçado de morte por milícia, professor renuncia à direção do CIEP 210 no RJ

Em um dos vídeos, Bolsonaro disse não ser justo que o governo penalize o agronegócio com mais impostos e que “estamos juntos nessa briga contra o Funrural”. Já em outro, foi mais enfático: “Nós devemos agora rever essa lei [do Funrural], não pagando o retroativo num primeiro momento.”

Veja os vídeos com as promessas de Bolsonaro.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum