Imprensa livre e independente
28 de maio de 2019, 14h51

Bolsonaro se reúne com presidente recém-eleito do TRF-4, que julga recursos de Lula na Lava Jato

Desembargador Victor Laus atuou na 8ª Turma do TRF-4, que julgou recurso do caso Triplex, de Lula, e assumirá presidência da corte em 27 de junho

Bolsonaro e Victor Laus (Montagem)
Recém-eleito presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o desembargador Victor Luiz dos Santos Laus – que julgou recursos do caso do Triplex do Guarujá, que condenou Lula, na 8ª Turma da corte – se reúne nesta terça-feira (28) com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto. “Laus foi eleito para comandar o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) a partir de 27 de junho. Até lá, ele continua na 8ª turma, que julga recursos relacionados à Operação Lava Jato, e pode participar da decisão do caso do Sítio de Atibaia, que também envolve o ex-presidente Lula. Após a...

Recém-eleito presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o desembargador Victor Luiz dos Santos Laus – que julgou recursos do caso do Triplex do Guarujá, que condenou Lula, na 8ª Turma da corte – se reúne nesta terça-feira (28) com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto.

“Laus foi eleito para comandar o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) a partir de 27 de junho. Até lá, ele continua na 8ª turma, que julga recursos relacionados à Operação Lava Jato, e pode participar da decisão do caso do Sítio de Atibaia, que também envolve o ex-presidente Lula.

Após a posse na presidência, segundo o TRF-4, a composição da Turma vai mudar. Segundo o tribunal, as vagas abertas em função da eleição serão decididas no Plenário Administrativo do TRF-4, ainda sem data definida, observando o interesse dos magistrados em ocupar a vaga e o critério de antiguidade na corte.

Há possibilidade que o atual presidente do tribunal, o desembargador Carlos Thompson Flores, assuma o lugar de Laus. Caso isso aconteça, a defesa de Lula estuda pedir o impedimento de Flores nos julgamentos dos recursos relacionados aos casos do ex-presidente.

Veja também:  Intervenção de Bolsonaro cancela vestibular para LGBTs em universidade federal

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum