Imprensa livre e independente
04 de julho de 2019, 16h23

Bolsonaro se veste de astronauta em comemoração da independência dos EUA

Bolsonaro foi o primeiro presidente brasileiro a ir à solenidade do 4 de Julho e aproveitou para tirar foto como se fosse um viajante espacial estadunidense; apesar do gesto, os EUA estão sem embaixador no Brasil desde novembro

Foto: Carolina Antunes/Presidência da República
O presidente Jair Bolsonaro foi nesta quarta-feira (3) à Embaixada dos Estados Unidos em Brasília para a comemoração da independência do país, que completou 243 anos neste 4 de Julho. O gesto é inédito e rendeu até mesmo foto em que Bolsonaro aparece posando de astronauta ao lado do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, primeiro brasileiro a ir ao espaço, em 2006. Buscando estreitar laços com o presidente estadunidense Donald Trump, Bolsonaro fez questão de ser fotografado em um painel de um astronauta norte-americano com rosto vazado. O presidente, que já fez reverência à bandeira dos EUA, não...

O presidente Jair Bolsonaro foi nesta quarta-feira (3) à Embaixada dos Estados Unidos em Brasília para a comemoração da independência do país, que completou 243 anos neste 4 de Julho. O gesto é inédito e rendeu até mesmo foto em que Bolsonaro aparece posando de astronauta ao lado do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, primeiro brasileiro a ir ao espaço, em 2006.

Buscando estreitar laços com o presidente estadunidense Donald Trump, Bolsonaro fez questão de ser fotografado em um painel de um astronauta norte-americano com rosto vazado.

O presidente, que já fez reverência à bandeira dos EUA, não teve problemas em aparecer, sorridente, como um viajante espacial estadunidense.

Bolsonaro foi o primeiro presidente brasileiro a ir à solenidade do 4 de Julho, mas, apesar dos inúmeros acenos a Donald Trump, o republicano ainda não visitou o Brasil e não há represente nomeado na embaixada de Brasília desde novembro de 2018, um mês após a eleição presidencial.

Em discurso contraditório, após subir no palco ao som de “”Born in the USA” (nascido nos EUA) fazendo arminhas com a mão, o presidente disse que quer formar um bloco anti-ideológico com países de ideologias próximas. “Nosso governo veio para deixar de lado o viés ideológico, veio para se aproximar de vários países outros com ideologia semelhante na busca de dias melhores para todos nós”, disse.

Veja também:  Frota provoca Bolsonaro por aposentadorias e nepotismo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum