Imprensa livre e independente
12 de julho de 2019, 08h22

Bolsonaro sinaliza vice evangélico em 2022: “Pode ser. Não quero queimar o Mourão agora”

Após reaproximação com Bolsonaro, o deputado pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) tem se colocado como candidato a vice ideal em pretensa chapa à reeleição

Mourão, Bolsonaro e Feliciano (Montagem)
Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de formar chapa com um evangélico em provável disputa à reeleição em 2022, Jair Bolsonaro (PSL) deu sinal positivo. “Pode ser, a gente não sabe. Não quero queimar o Mourão agora”, disse em relação ao atual vice. Depois de reaproximação com o presidente, o deputado pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) disse que “todos sabem que Mourão já indispôs” com Bolsonaro, ressaltando que é o candidato ideal a vice na chapa à reeleição. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo “Todos sabemos que o vice-presidente Mourão...

Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de formar chapa com um evangélico em provável disputa à reeleição em 2022, Jair Bolsonaro (PSL) deu sinal positivo. “Pode ser, a gente não sabe. Não quero queimar o Mourão agora”, disse em relação ao atual vice. Depois de reaproximação com o presidente, o deputado pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) disse que “todos sabem que Mourão já indispôs” com Bolsonaro, ressaltando que é o candidato ideal a vice na chapa à reeleição.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Todos sabemos que o vice-presidente Mourão se indispôs com o presidente. Pois digo que, em 2022, Bolsonaro terá um vice-presidente evangélico”, afirmou.

Bolsonaro ainda comemorou a autocensura do vice, que está “há uma semana” sem dar declarações à imprensa. Publicamente, Mourão diverge muitas vezes de Bolsonaro.

“Parabéns ao Mourão porque faz uma semana que ele não dá declaração a vocês”, disse Bolsonaro afirmando que “se dá muito bem” com o vice. Os dois frequentemente se contradizem em declarações públicas.

Veja também:  Roteirista do filme Bruna Surfistinha responde a Bolsonaro: "Cegueira e ignorância levam à censura"

O comentário foi feito após o presidente ser Ele disse que não pretende descartar Mourão: ”

Bolsonaro também não confirmou se concorrerá à reeleição e diz esperar resultados do seu governo. “Se o Brasil entrar nos trilhos, lá na frente a gente decide. Tenho apoio enorme de muitos setores da sociedade. Eu acho que a gente tá fazendo o possível, em parte Temer deu grande parte na reforma trabalhista, no acordo do Mercosul”, afirmou.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum