Imprensa livre e independente
14 de março de 2019, 10h07

Bomba nas redes vídeo de campanha onde Bolsonaro pergunta à criança: “você sabe atirar?”

No vídeo, Bolsonaro é filmado a partir do lado de dentro, na beira de uma janela, exibindo a criança para a multidão que o aplaude lá embaixo. Veja aqui

Foto: Reprodução
Vídeo do então candidato e agora presidente, Jair Bolsonaro, perguntando, durante a campanha, a uma criança vestida com jaqueta da Polícia Militar se ela sabe atirar, foi resgatado após o Massacre de Suzano e começou a bombar, nesta quinta-feira (14). Bolsonaro é filmado a partir do lado de dentro, na beira de uma janela, exibindo a criança para a multidão que o aplaude lá embaixo. A segurança e a flexibilização do porte de armas foram algumas das principais bandeiras de Bolsonaro durante a campanha. O líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), causou indignação nesta quarta-feira ao afirmar, em...

Vídeo do então candidato e agora presidente, Jair Bolsonaro, perguntando, durante a campanha, a uma criança vestida com jaqueta da Polícia Militar se ela sabe atirar, foi resgatado após o Massacre de Suzano e começou a bombar, nesta quinta-feira (14).

Bolsonaro é filmado a partir do lado de dentro, na beira de uma janela, exibindo a criança para a multidão que o aplaude lá embaixo.

A segurança e a flexibilização do porte de armas foram algumas das principais bandeiras de Bolsonaro durante a campanha.

O líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), causou indignação nesta quarta-feira ao afirmar, em pronunciamento durante reunião da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), que “se os professores estivessem armados, se os serventes estivessem armados, essa tragédia teria sido evitada”, disse referindo-se ao Massacre de Suzano.

O general Hamilton Mourão, insinuou em declaração, também nesta quarta-feira, que o massacre de Suzano pode ter sido provocado pelo uso excessivo de videogames. A sua declaração desencadeou a hashtag #somosgamersnaoassassinos, que chegou ao primeiro lugar nos Trend Topics do Twitter, nesta quinta-feira.

Veja também:  Nepotismo: "Se eu puder dar o filé mignon para o meu filho, eu dou", diz Bolsonaro sobre embaixada

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum