MISOGINIA E TRANSFOBIA

Bar solta nota sobre soco em mulher e seguidores criticam: "foi crime"

Casa noturna do Recife afirma que "cuidou de promover a imediata retirada do agressor do ambiente" e seguidores apontam cumplicidade. "Eles livraram o cara de um flagrante".

Homem que agrediu mulher cis ao confundir com trans em bar no Recife.Créditos: Reprodução/X
Escrito en BRASIL el

O bar Guaiamum Gigante, do Recife, divulgou nota neste domingo (24) sobre a agressão a uma mulher cis que foi confundida com trans quando saia do banheiro feminino. 

A casa afirmou que "não procede a alegação de que teria havido proteção a um suposto agressor", o que estaria sendo divulgado nas redes por pessoas próximas à mulher agredida.

"O Guaiamum Gigante adotou imediatamente as providencias cabíveis para resolver a situação, inclusive acionando a força policial e dando todo suporte à vítima", diz o texto.

No entanto, os internautas apontaram um erro do estabelecimento, que afirmou na nota que "cuidou de promover a imediata retirada do agressor do ambiente, de modo a resguardar a integridade física e psicológica da pessoa agredida e demais clientes".

"Isso é cúmplice de fuga isso sim! Deveria ter mantido o mesmo no local até a chegada da polícia, mesmo que protegido", comentou o ator Taywan Rocha na publicação.

"Conduta inadequada diante de um crime ocorrido dentro do estabelecimento. Deveria-se aguardar a polícia militar chegar", comentou outro seguidor. "Não justifica! Era pra ter segurado ele até a chegada da polícia. No fundo no fundo houve uma proteção ao ofensor", opinou outro.

A atitude do bar também foi criticada pelo perfil @metheoro, de publicitário que se diz amigo da vítima.

"Eles não ofereceram nenhum tipo de suporte ou ajuda. Eles livraram o cara de um flagrante", escreveu.

Uma mulher foi covardemente agredida em um ato de misoginia e transfobia após ser acusada por um homem de ser transexual ao deixar o banheiro do bar Guaiamum Gigante, em bairro nobre de Recife, Pernambuco, na noite deste sábado (23).

As cenas foram divulgadas pelo perfil @metheoro na rede X, antigo Twitter, na noite deste sábado (23). Segundo o administrador do perfil, que se identifica como publicitário, a mulher cis deixava o banheiro feminino quando foi abordada por um homem que perguntou se ela era "homem ou mulher".

Ao indagar o motivo da pergunta, a mulher ouviu como resposta: "porque você está no banheiro errado", com o homem a acusando de ser uma mulher trans. Em seguida, houve uma grande confusão e ele teria desferido um soco no rosto da mulher, que além de ser ferida, teve os óculos quebrados.

"Minha amiga é uma mulher cis (biologicamente mulher), mas além de ser um ataque transfóbico ainda foi misógino", escreveu o publicitário.

Veja as imagens da agressão.