HORROR

A jovem que a polícia diz ter matado o pai e o irmão para ficar com herança de R$ 2 milhões

No crime bárbaro, ocorrido no interior de SP, a mãe da acusada também deveria ter sido morta, mas escapou por mero acaso. Entenda o caso e a investigação

Viviane Moré, acusada pela Polícia Civil de ser a mandante do crime contra familiares.Créditos: Reprodução
Escrito en BRASIL el

A investigação de um crime chocante ocorrido na cidade de Votuporanga, no interior de São Paulo, inicialmente registrado como um duplo latrocínio, teve uma reviravolta nos últimos dias e deixou a região ainda mais perplexa. Segundo a Polícia Civil paulista, o assassinato de pai e filho num sítio da zona rural do município, depois de terem sido amarrados por criminosos, não era o que se pensava desde o princípio, mas sim um duplo homicídio encomendado pela filha e irmã das vítimas.

Wladmyr Ferreira Baggio, de 56 anos, e Vitor Moré Baggio, de 22, foram surpreendidos pelo que se pensava ser uma dupla de assaltantes, no dia 11 deste mês, sendo executados momentos depois a tiros. De acordo com o delegado do caso, a mandante do bárbaro crime seria Viviane Moré, filha de Wladmyr e irmã de Vitor. O marido dela, Carlos Ramos, também é suspeito de participação. Ambos foram presos na segunda-feira (22), depois de uma ordem judicial.

A tese das autoridades é a de que o crime foi motivado por razões patrimoniais, tendo a acusada supostamente contratado pistoleiros para dar fim no pai, na mãe e no irmão para ficar com a herança de R$ 2 milhões da família. A dupla que cometeu o delito, Luís Henrique dos Santos Andrade, de 34 anos, e Gustavo Henrique de Oliveira da Cruz, de 29, admitiu a autoria do crime, mas segue afirmando que a intenção era roubar a residência. No entanto, a polícia diz que não.

De acordo com as informações dos investigadores, os criminosos teriam recebido R$ 30 mil pelas três mortes, mas a mãe da vítima estava fora de casa no momento em que a tragédia aconteceu, e por mero acaso. Ela tinha saído para visitar parentes e acabou se safando. Na casa de um dos suspeitos a polícia apreendeu um revólver calibre 38, que teria sido usado na ação.