domingo, 20 set 2020
Publicidade

3,1 milhões de brasileiros perderam o emprego na pandemia

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado nesta sexta-feira (14) mostra que 3,1 milhões de brasileiros perderam o emprego em quatro meses de pandemia, desde o início de maio. Isso levou a taxa de desemprego a 13,7% na quarta semana de julho.

Os dados fazem parte da edição semanal da PNAD Covid19, que o IBGE elabora desde a primeira semana de maio. Naquele período, eram 9,8 milhões os desempregados no país. No último período analisado, entre 19 e 25 de julho, esse número subiu para 12,9 milhões. Só nesta última semana da amostra, 550 mil pessoas perderam seu emprego.

O IBGE leva em conta somente as pessoas que procuraram emprego e não encontraram no período da pesquisa para elaborar a taxa de desemprego. Mas o contingente de pessoas sem ocupação é bem maior. A pesquisa mostrou que cerca de 18,5 milhões de pessoas gostariam de trabalhar, mas não procuraram vaga de emprego. A justificativa levou em conta a pandemia ou a falta de ocupação no lugar em que moravam.

O levantamento mostrou ainda que cerca de 5,8 milhões de pessoas (7,1% da população ocupada) estavam afastadas do trabalho devido ao distanciamento social. Na primeira semana dessa pesquisa especial, eram 16,6 milhões, ou 19,8% dos ocupados.

Fabíola Salani
Fabíola Salani
Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.