Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de agosto de 2019, 07h56

A mesa jeca da conja, por Ana Zappa

Se é pra ser uma babaca anti feminista e pró submissão e posar de dona de casa padrão, porém com grana, aprenda a por a mesa corretamente, dona conja. Pra ser metida a socialite vc tem que tomar pelo menos 300 aulas de etiqueta básica

Moro e Rosangela (Montagem)

Por Ana Zappa, no Facebook

Tão jeca, mas tão jeca, que coloca a colher de sopa AMARRADA no suporte de guardanapos, EM CIMA do PRATO.

Qualquer um com um mínimo de noção de etiqueta sabe que, ainda que o cardápio seja sopa, ninguém posiciona os colher SOBRE o prato, a menos que já tenha terminado a refeição.

A colher de sopa, como qualquer novo rico de meia tigela deveria saber, fica do lado direito do prato; depois vem a faca, e à esquerda, o garfo. Havendo outro prato a ser servido ou não.

Isso sem falar que a tal “mesa posta” da madame jacú também não traz copos, outro absurdo para alguém que posta a “obra de arte” no Instagram se achando o máximo da referência do savoir vivre, digna de capa da breguíssima Good Housekeeping Magazine.

(Não vou nem dissertar sobre os talheres de sobremesa, pois seria exigir demais, e prefiro me abster de comentar o suporte de guardanapos de pérolas de plástico da Preçolândia, já que gosto não se discute, no máximo, se lamenta)

Resumindo:
Se é pra ser uma babaca anti feminista e pró submissão e posar de dona de casa padrão, porém com grana, aprenda a por a mesa corretamente, dona conja.

Pra ser metida a socialite vc tem que tomar pelo menos 300 aulas de etiqueta básica.

Aí sim, pode postar essa breguice, com direito a sousplat minúsculo, lugar americano de fazenda plana imitando guipure e uma cadeira ao lado da outra, ao invés de uma na frente da outra, que é o correto.

Sorry!!!

PS : eu sei ser um monstro arrogante e insuportavelmente fútil e venenosa quando me interessa. Tenho certeza que fui!


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum