Fórumcast #20
04 de abril de 2019, 22h58

Acusado de assassinar Marielle, Ronnie Lessa vira réu por comércio ilegal de armas

O novo processo do sargento reformado é consequência da apreensão de 117 fuzis na casa de um amigo

Foto: Reprodução/Jornal Nacional

O ex-policial Ronnie Lessa, um dos acusados de assassinar Marielle Franco e Anderson Gomes, terá de encarar, ainda, a acusação de comércio ilegal de armas de fogo. O novo processo é consequência da apreensão de 117 fuzis na casa de um amigo do sargento reformado.

As armas foram encontradas no mesmo dia em que Lessa e o também ex-PM, Élcio de Queiroz, foram presos pelo duplo homicídio.

Alexandre Mota de Souza, o amigo de Ronnie Lessa, que guardou o arsenal, também foi denunciado pelo Ministério Público.

No momento em que foi ouvido pela polícia em interrogatório, Lessa chegou a reconhecer que era o proprietário das armas. No entanto, tentou se defender, afirmando que parte do material seria comercializada com colecionadores e que outra parte era de airsoft, mas uma demonstração feita pela polícia mostrou o poder de destruição dessas armas.

Na semana passada, Ronnie e Élcio foram transferidos do Rio de Janeiro para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Ambos são réus pelo duplo homicídio triplamente qualificado.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro sobre ação de sniper: "Uma grande atuação em prol dos direitos humanos"

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum