Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de outubro de 2018, 17h01

Afastada médica que rasgou receita de paciente que votou em Haddad

Caso ocorreu em Natal e a Secretaria Estadual de Saúde abriu sindicância para apurar os fatos: “A profissional ficará temporariamente afastada das atividades”, diz nota

Foto: Reprodução/OP9

Tereza Dantas, médica infectologista, foi afastada das funções no Hospital Estadual Giselda Trigueiro, em Natal, capital do Rio Grande do Norte, depois de rasgar a receita médica de um paciente de 72 anos, que declarou ter votado em Fernando Haddad (PT) no primeiro turno das eleições presidenciais, de acordo com informações do G1.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), em nota, veiculou que vai abrir uma sindicância. “A direção do Hospital Giselda Trigueiro esclarece que esta não é uma conduta adotada pelo hospital, nem muito menos de orientação da Sesap. A profissional ficará temporariamente afastada das atividades”.

A médica havia declarado ter se arrependido da atitude. “Eu pedi perdão a Deus e pedi que ele me ajudasse a tirar de mim essa mágoa. Eu nunca gostei de extremismos e estava me transformando em algo que não gosto. Não deveria ter feito isso, eu sei. Agi por impulso e, por isso, peço desculpas”, afirmou.

O aposentado José Alves de Menezes contou que o fato ocorreu na última segunda-feira (8), por volta das 7h30, quando ele foi à unidade de saúde para pegar a receita de remédio que toma diariamente. José disse que a médica o viu na unidade e pediu que ele esperasse, dizendo que já sabia o que ele queria. Após chegar até ele com a receita em mãos, perguntou em quem ele havia votado para presidente.

“Eu disse que votei no Haddad, aí ela disse: ‘Pois então não dou mais a receita’, e rasgou. Duas ou três pessoas também viram. Respondi na inocência. Nem sabia quem era o candidato dela”, disse. “Me senti ofendido. Passei vergonha na frente de todo mundo. No início, achei que era brincadeira e até ri”, acrescentou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum