terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Agente penitenciário se suicida após matar namorada com tiro acidental

O agente penitenciário Francisco Moacir Nunes Junior, de 37 anos, matou com um tiro a namorada Iara Coelho da Silva, de 30, durante uma briga do casal, em Sorocaba, na noite de sábado (23).

De acordo informações da Polícia Militar, Moacir Nunes colocou o corpo de Iara no carro e viajou até a casa dos seus pais, em Itapetininga, a 65 km de distância, onde se matou.

A irmã informou que ele estava nervoso, contou que brigou com a namorada, e que a arma havia disparado acidentalmente e atingido Iara.

Depois, o agente penitenciário disse que amava todos e pediu perdão aos familiares. Vendo que ele estava nervoso, a mãe não o deixou sair pelo portão, mas ele pulou o muro. Em seguida, a família ouviu o disparo.

Segundo o portal Uol, o casal estava junto havia mais de um ano e morava na zona leste de Sorocaba. Francisco Junior trabalhava como agente penitenciário em Mairinque, cidade vizinha.

Conforme relatou aos familiares, a namorada havia encontrado mensagens de outra mulher em seu celular e ele saíra de casa, mas voltou para pegar seus pertences. Os dois discutiram e ela teria tentado tirar o revólver de sua mão, quando houve o disparo.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.