Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 14h32

Agressor que espancou mãe do lutador Rayron Gracie usou nome falso para entrar em prédio

Elaine é mãe de Rayron Gracie, lutador de jíu-jitsu. Segundo a equipe médica, ela será transferida da Unidade de Terapia Intensiva para um quarto

Elaine Perez e Vinicius (Reprodução)

Vinícius Batista Serra, de 27 anos, que agrediu por 4 horas Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, usou nome falso para entrar no prédio em que ela morava na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. As informações são da TV Globo.

Segundo o controle de entrada e saída de visitantes do edifício, Vinícius deu nome de Felipe para entrar no prédio.

Leia também: Mãe do lutador Rayron Gracie é espancada durante horas por advogado que conheceu nas redes

“Fui conversar com o porteiro e ele, de maneira categórica, afirmou que o rapaz disse se chamar Felipe. Ele colocou esse nome no protocolo de entrada. Isso tem que ser averiguado. Por que ele apresentou um nome diferente? Ele já tinha alguma intenção?”, afirmou Rogério Caparroz, irmão da vítima.

Elaine foi encontrada desacordada por policiais militares em seu apartamento, depois que vizinhos ouviram seus gritos de socorro e alertaram o zelador.

“Ela acordou com um murro na cara – foram vários socos. Ela levantou os braços para se proteger, mas aí ele passou a mordê-los. Os antebraços da minha irmã estão mordidos”, lamenta Rogério, lembrando que eles se conheceram pelo Instagram e conversaram durante oito meses.

De acordo com informações da equipe médica, ela será transferida, na tarde desta segunda (18), da Unidade de Terapia Intensiva para um quarto.

Elaine é mãe de Rayron Gracie, lutador de jíu-jitsu. Ele escreveu uma declaração para a mãe em uma rede social: “Te amo, mãe”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum