Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de agosto de 2017, 11h27

Alexandre Frota, que defende a ditadura militar, reclama de censura

Pseudo-ator teve sua conta no Twitter suspensa e acusa uma suposta funcionária da rede social de perseguir usuários.

Pseudo-ator teve sua conta no Twitter suspensa e acusa uma suposta funcionária da rede social de perseguir usuários.

Da Redação*

A truculência do pseudo-ator Alexandre Frota foi freada. Ele experimentou do próprio veneno e, defensor da ditadura militar, teve a conta suspensa no Twitter, fato que ocorre quando são detectados manifestações ou discursos de ódio na rede. No entanto, apesar disso, ele acusa uma suposta funcionária da rede social de perseguir usuários que se oponham à esquerda. A suposta funcionária, que teria o nome de Raíssa Barbosa, e se identifica como social media do Twitter em suas redes sociais, respondeu a Frota pelo próprio Twitter.

“Caro @alefrotabrasil, é preciso ter respeito! Repense seu discurso de ódio enquanto tenta reverter a suspensão da sua conta”, escreveu a suposta funcionária. Alexandre Frota costumava postar conteúdos críticos direcionados a políticos e movimentos sociais de esquerda, alguns deles extremamente ofensivos e mentirosos.

*Com informações do R7

Foto: EBC

 

Veja também:  Itamaraty censura informação sobre política de gênero do governo à associação LGBT

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum