Fórum Educação
22 de outubro de 2019, 19h09

Alunos, professores e pais protestam contra Escola Sem Partido em Belo Horizonte

Manifestantes protestaram contra o projeto e contra episódios de censura protagonizados pelos colégios Loyola e Santo Agostinho, tradicionais da capital mineira

Reprodução/Jornalistas Livres

Cerca de uma semana depois da Câmara de Belo Horizonte aprovar em primeiro turno o projeto Escola Sem Partido na capital mineira, um grupo de estudantes, professores e pais realizou um protesto nesta terça-feira (22) contra a medida. Eles também criticaram dois episódios de censura nos colégios Santo Agostinho e Loyola.

Segundo o Jornalistas Livres, o grupo que se reuniu em frente ao  Colégio Loyola era formado por alunos, pais e docentes deste colégio e do Santo Agostinho, duas das mais tradicionais instituições de ensino da capital mineira.

No protesto eles se colocavam contra a “onda de conservadorismo nas escolas”, mencionando episódios recentes de censura e o Escola Sem Partido. Enquanto o Loyola censurou um texto do humorista Gregório Duvivier, o Santo Agostinho foi acionado pelo Ministério Público, em novembro, por “propagar ideologia de gênero”.

Escola Sem Partido

Defendido pela Bancada Evangélica da Câmara, o Escola Sem Partido foi aprovado em primeiro turno em BH, mas ainda deve passar pelas comissões da Casa e retornar para segundo turno. O prefeito Alexandre Khalil afirmou que pretende vetar o projeto caso a Câmara realmente aprove.

Confira a cobertura do ato feita pelo Jornalistas Livres:

#BELHOHORIZONTE#AOVIVOManifestação de alunos, pais e professores dos colégios Santo Agostinho e Loyola contra a censura e pela liberdade de ensinar. No mês passado, alguns pais reacionários tentaram censurar professores do Colégio Loyola, de padres jesuítas, por terem usado um texto do humorista Gregório Duvivier numa prova. Hoje foi dado um "não" ao obscurantismo.

Publicado por Jornalistas Livres em Terça-feira, 22 de outubro de 2019


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum