Alunos são suspensos após saudação nazista em escola de Criciúma

Caso aconteceu em colégio particular da cidade catarinense de Criciúma, onde um professor foi demitido de escola pública acusado de "viadagem" pelo prefeito por exibir um clip do cantor Criolo em sala de aula

Pelo menos seis alunos do 9º grau do Colégio da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (Satc), uma escola particular localizada na cidade de Criciúma, foram suspenso das aulas após divulgação de um vídeo em que eles fazem uma saudação nazista a uma pessoa que entra na sala de aula.

“Viadagem”: Professor é demitido após exibir clipe de Criolo

As imagens foram registradas há três meses e divulgadas em conta sem identificação no Twitter nesta semana.

Em nota nas redes sociais (leia a íntegra abaixo), a escola diz que tomou medidas como “a suspensão de alunos, advertências e a realização de uma reflexão sobre o nazismo e o quanto esse regime foi pavoroso para a história humana”.

O caso ocorreu na mesma cidade onde um professor de artes do nono ano da Escola Municipal Pascoal Meller, que fica no Bairro Santa Augusta foi demitido após exibir o vídeo da música “Etérea” do cantor Criolo.

A demissão se deu após pais dos alunos reclamarem conteúdo do vídeo do rapper, que a fixidez das identidades sexuais, apresentando outras performances possíveis da sexualidade além da heterossexual.

Ao anunciar a demissão do professor nas redes sociais, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) disse que a administração não concordava com o conteúdo “erotizado” e a “viadagem na sala de aula”.

Veja íntegra da nota divulgada pelo Satc

Publicidade

“A Direção da Satc vem publicamente registrar seu repúdio a qualquer ato de apologia ao nazismo. Esclarecemos, ainda, que a situação que envolveu um grupo de alunos de uma turma do nono ano, aconteceu em determinado momento em que os adolescentes fizeram referência a uma simbologia de saudação nazista.

Apologia ao nazismo é crime! Repudiamos e não compactuamos de nenhuma forma com tais atitudes. Deste modo, as providências cabíveis foram tomadas, com a suspensão de alunos, advertências e a realização de uma reflexão sobre o nazismo e o quanto esse regime foi pavoroso para a história humana.

Publicidade

Finalizamos lembrando que somos uma instituição de ensino que tem como missão, transformar a vida das pessoas por meio da educação e seguiremos firmes neste propósito.

Atenciosamente,

Direção Satc.”

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR