Amapá segue sem energia um dia após Bolsonaro ativar geradores

Presidente afirmou nas redes que a energia está "retornando" ao estado. Moradores dizem que nada mudou

Moradores do Amapá seguem sob um racionamento incerto de energia elétrica um dia após o presidente Jair Bolsonaro ativar novos geradores no estado, em visita que ocorreu neste sábado (21).

O mandatário chegou a afirmar nas redes sociais, na manhã deste domingo (22), que a energia está “retornando” ao Amapá. Ele também agradeceu o acolhimento de seus apoiadores, ignorando protestos.

A historiadora Marcella Viana, moradora do bairro do Muca, na zona Sul de Macapá, afirmou ao UOL que a maioria dos bairros seguem sem o fornecimento integral de energia e que, em muitos casos, o racionamento não está sendo respeitado.

“O fornecimento está um caos. Não sabemos a hora que vai embora, a hora que volta. Além disso, passamos 24h sem água. Lá não é poço, logo, quando vai a energia vai a água também. Ontem ficamos no escuro o dia todo e tivemos energia durante umas 3h à tarde e de madrugada”, contou.

O estado está há mais de duas semanas sem fornecimento integral de energia elétrica. A energia começou a ser restabelecida no dia 7, mas em regime de rodízio e que atendia especialmente bairros centrais. Um novo apagão no Amapá chegou a ocorrer na noite de 17 de novembro.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.