No rastro do óleo do Nordeste
06 de novembro de 2019, 06h32

Amigo de Queiroz, capitão Adriano diz que não lembra onde estava quando Marielle foi assassinada

Depoimento foi feito em agosto de 2018, meses após a morte da vereadora. Ex-PM está foragido desde o dia 23 de janeiro deste ano

Reprodução

O ex-policial militar Adriano Magalhães da Nóbrega, conhecido como Capitão Adriano e apontado como chefe de milícia de Rio das Padras e do grupo de matadores de aluguel Escritório do Crime, afirmou em depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro “não se recordar ao certo” onde estava na noite de 14 de março de 2018, quando aconteceu o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

“Que perguntado se o declarante se recorda de onde estava em 14 de março do corrente ano [2018], que respondeu não se recordar ao certo, mais [sic] provavelmente que na parte da noite e aos dias de semana, sempre está em sua casa ou em seu sítio, visto que costuma acordar bem cedo”, diz a transcrição do depoimento prestado no dia 20 de agosto de 2018 ao delegado Giniton Lages, então titular da Delegacia de Homicídios da Capital.

Durante o depoimento, ele também foi questionado se conhecia o PM da reserva Ronnie Lessa, preso e acusado de efetuar os disparos contra a vereadora e o motorista. “Conheço da Polícia Militar”, respondeu. Capitão Adriano está foragido desde o último dia 23 de janeiro.

Amigo de Queiroz

Quando ainda era policial, Adriano fez amizade com Fabrício de Queiroz, que trabalhou como assessor do então deputado estadual e agora senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Anos depois, Queiroz indicou a mãe e a esposa de Capitão Adriano para trabalhar no gabinete do filho mais velho do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Com informações do UOL.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum