Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de dezembro de 2019, 21h13

Ano termina com litro da gasolina perto dos R$ 6

A gasolina chega a ser vendida por R$ 5,859 em posto localizado em Angra dos Reis (RJ)

Foto: Fernanda Carvalho / Fotos Públicas

Cerca de um mês depois da Petrobras impor reajustes nos preços dos combustíveis de acordo com a subida do dólar e com o mercado internacional, o consumidor brasileiro já sente no bolso o baque de uma gasolina mais cara. O litro em capitais como Rio de Janeiro e São Paulo chega a atingir R$ 5,299 em alguns postos. O posto de gasolina com o litro mais caro localiza-se em Angra dos Reis, cobrando R$ 5,859.

Segundo dados revelados pela Agência Nacional do Petró­leo, Gás Natural e Biocom­bustíveis (ANP), a gasolina mais cara do Brasil entre os dias 15 e 21 de dezembro é a do Posto Marina Piratas Mall Ltda, localizado na Praia do Jardim, em Angra dos Reis. O segundo posto de gasolina mais caro se localiza no município de Paraíso do Tocantins (TO) e cobra R$ 5,690 o litro.

Puxado por Angra, o Rio de Janeiro é também o estado brasileiro com a média mais alta. O fluminense paga, em média, R$ 4,988 por litro. Logo atrás estão Acre, com R$ 4,905 por litro, e Rio Grande do Norte, com R$ 4,820.

A capital carioca não poderia ficar para trás e também é a que apresenta a média mais alta do Brasil (R$ 4,969). O posto de gasolina com o valor mais caro no período pesquisado cobra R$ 5,299, valor que também pode ser encontrado em São Paulo.

Privatização

O presidente Jair Bolsonaro tem citado a alta no preço dos combustíveis para defender a privatização da Petrobras, alegando que apenas a venda da estatal pode reduzir o valor da gasolina. Petroleiros acreditam que o fenômeno acarretaria em um efeito exatamente oposto.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), líder da Bancada do PT, apontou que a alta na gasolina se deve à política adotada pelo governo Bolsonaro. “Gasolina a R$ 5,85 no Rio de Janeiro. Chegando a R$ 6 em breve. Isso acontece quando uma empresa pública é gerida para garantir lucros a um punhado de acionistas, em detrimento de 200 milhões de habitantes”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum