Antifascistas acabam com ato pró-Bolsonaro em Porto Alegre

“O fascismo não vai vencer no Brasil. Não tinha aula de História na escola particular?", questionou o grupo aos bolsonaristas

Um grupo de manifestantes antifascistas se reuniram neste domingo (17), em frente ao Comando Militar do Sul em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, para impedir atos pró-Bolsonaro e a favor da intervenção militar.

Como marco da manifestação, o grupo entoou a frase “recua, fascista, recua! É o poder popular que está na rua!”, ao mesmo tempo em que chamavam os bolsonaristas de “fascistas de merda”. Manifestantes também imitaram o mugido de bois, chamando os bolsonaristas de “gado” e mandando que eles colocassem a máscara.

“O fascismo não vai vencer no Brasil!”, gritavam. “Não tinha aula de História na escola particular?”, perguntavam. De acordo com um dos participantes, foi o segundo domingo que o grupo foi ao local para impedir atos bolsonaristas.

Em Brasília, torcedores do Corinthians também foram ao Palácio do Planalto para demonstrar resistência contra o ato golpista que aconteceu no local. O presidente Jair Bolsonaro chegou a participar do protesto, que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

https://www.facebook.com/262120097837906/posts/562218294494750/
Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR