Fórumcast #20
12 de agosto de 2019, 23h01

Antonia Pellegrino dá a entender que foi ela quem pagou diária pra Freixo no Copacabana Palace

Para internautas direitistas, Marcelo Freixo (PSOL-RJ) não poderia frequentar o Copacabana Palace, hotel de luxo do Rio de Janeiro, por ser um político de esquerda; sua companheira, a escritora Antonia Pellegrino, rebateu a grita contra o parlamentar no Twitter

Reprodução/Twitter

A escritora Antonia Pellegrino, companheira do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), usou sua conta do Twitter, na noite desta segunda-feira (12), para se manifestar sobre a falsa polêmica em torno de uma foto do parlamentar na piscina do Copacabana Palace, tradicional hotel da zona sul carioca.

Internautas direitistas chegaram a subir a tag #CopacabanaPalace para criticar o fato de Freixo ter frequentado o hotel. Para essas pessoas, a maioria apoiadores de Jair Bolsonaro, o deputado não poderia ir ao Copacabana Palace, considerado um hotel de luxo, por ser um político de esquerda e que prega o socialismo.

“Fiz 40 anos e passei uma noite no #CopacabanaPalace. Levei comigo o meu companheiro Marcelo Freixo. Subiram uma tag falando o salário dele. Ninguém pensa que quem pode ter pago a diária fui eu. Acordem. Mulheres trabalham, são independentes e levam o marido pra onde quiser”, tuitou Pellegrino. Sua postagem, inclusive, foi compartilhada pelo próprio Freixo.

Pelo Instagram, Antonia Pellegrino ainda foi além em sua crítica. “Minios: apenas aceitem : já estamos no século XXI, quando mulheres trabalham, ganham bem e tem autonomia. Mas na cabeça do machista babaca ainda é sempre o homem que paga a conta. Lamento muito q vcs tenham medo de mulheres independentes, que podem te levar pra passear no #CopacabanaPalace. No mais, quem gosta de dividir migalhas são vocês, que odeiam pobre. Eu sou progressista pq quero é dividir riqueza”.

Veja também:  Técnico em enfermagem é afastado após agredir paciente em UPA de Londrina; veja vídeo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum