Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de junho de 2019, 16h33

Anvisa aprova propostas que podem liberar cultivo de maconha para fins medicinais e científicos

A medida ainda precisa passar por consulta pública antes de entrar em vigor; plantio doméstico por pessoas físicas continua proibido

Foto: Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (11), duas propostas preliminares, que têm condições de liberar o cultivo da maconha para fins medicinais e científicos, além da produção de medicamentos nacionais com base em derivados da substância.

O próximo passo é a publicação das duas propostas no Diário Oficial da União e, na sequência, ambas serão submetidas a uma consulta pública.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

No entanto, o plantio doméstico da Cannabis sativa por pessoas físicas e, portanto, para o chamado consumo recreativo continuará proibido no Brasil.

Uma das propostas prevê uma resolução que regulamente os requisitos técnicos e administrativos para o cultivo de Cannabis sativa para fins medicinais e científicos. A outra, por sua vez, é uma proposta de resolução para definir procedimentos específicos para registro e monitoramento de medicamentos feitos com base em Cannabis sativa ou seus derivados e análogos sintéticos.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum