Após carta contra Bolsonaro, Olavo chama bispos da CNBB de “comunistas” e “satanistas”

Carta contou com assinatura de 152 bispos brasileiros e foi enviada ao Papa Francisco, no Vaticano. Membros da igreja católica criticaram a "política que mata" do governo Bolsonaro

O guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho, foi às redes sociais nesta sexta-feira (31) para criticar a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que enviou uma carta ao papa Francisco, no Vaticano, com duras críticas ao governo Jair Bolsonaro.

“Os bispos comunistas da CNBB não são bispos, não são padres, não são nem membros da Igreja. São excomungados, inimigos de Cristo e dos fiéis. Não se deixem enganar por esses satanistas de fala adocicada”, escreveu.

A campanha Amazonia-te da CNBB foi lançada na segunda-feira (27) contra o genocídio dos povos indígenas, a inação do governo federal contra a Covid-19 e “a violação sistemática da legislação de proteção ambiental e desmonte dos órgãos públicos, com atuação intencional do governo para desregulamentar e ampliar – de forma ilegal – a atuação das mineradoras, agronegócio, madeireiras e pecuaristas na região”.

O lançamento da campanha aconteceu um dia após o vazamento da “Carta ao Povo de Deus”, assinada por 152 bispos brasileiros com duras críticas ao governo Jair Bolsonaro e a política econômica “que mata” do ministro da Economia, Paulo Guedes, que foi encaminhada ao papa Francisco, no Vaticano, e a dom João Braz de Avis, cardeal brasileiro que integra a Congregação para o Clero.

https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10158451730432192
Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR