Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de março de 2019, 07h29

Após pedir autorização para apreender, Pátio Higienópolis vai criar projeto para atender crianças de rua

Shopping pedirá "desculpas" por meio de nota à imprensa e vai criar projetos para atender crianças vulneráveis que circulam pelas ruas do bairro nobre de São Paulo

Protesto no shopping Pátio Higienópolis - Foto: Reprodução/Instagram Belchior

O shopping Pátio Higienópolis fechou acordo com entidades do movimento negro para cumprir uma série de medidas ligadas aos direitos humanos de crianças que vivem nas ruas. A informação está em reportagem de Dhiego Maia na Folha de S. Paulo. 

A medida vem após shopping ter se envolvido em uma polêmica, ao pedir na Justiça autorização para apreender crianças e adolescentes em situação de rua. O pedido foi negado e, agora, o estabelecimento se comprometeu a não recorrer nas instâncias superiores.

O Pátio Higienópolis vai pedir desculpas por meio de nota à imprensa e criar projetos para atender crianças vulneráveis que circulam pelas ruas do bairro nobre de São Paulo.

Um grupo de trabalho, formado por representantes do centro de compras, membros da sociedade civil e da Defensoria Pública, será o responsável por elaborar projetos de atendimento às crianças vulneráveis e campanhas de combate ao racismo.

A primeira reunião da comissão será realizada no dia 20 deste mês.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum