O que o brasileiro pensa?
07 de dezembro de 2019, 15h31

Atentado contra indígenas Guajajara no Maranhão deixa dois mortos

De acordo com relatos, as vítimas voltavam de uma reunião de articulação de povos indígenas para defesa de direitos

Reprodução

Na manhã deste sábado (7), homens dentro de um carro atiraram contra indígenas do povo Guajajara que estavam de moto na estrada BR-226, que corta as aldeias El Betel e Boa Vista, no Maranhão. Atentado tirou a vida de Firmino Prexede Guajajara, que morreu na hora, e Raimundo Belnício Guajajara. Nelsi Olímpio Guajajara levou um tiro na perna e está ferido. Informações preliminares dizem que outros três indígenas também foram atingidos.

De acordo com relatos, os dois voltavam de uma reunião de articulação de povos indígenas para defesa de direitos. No mês passado, Paulo Paulino Guajajara, que trabalhava como guardião da floresta defendendo o território indígena contra exploração ilegal, foi assassinado por madeireiros próximo ao local do crime deste sábado.

Testemunhas afirmam terem visto um carro Celta, branco, de vidro espelhado, diminuir a velocidade e abrir fogo contra os indígenas. A Funai está com equipe no local e já acionou os policiais, assim como o governo federal.

Nas redes sociais, Sônia Guajajara, liderança indígena que se candidatou como vice de Guilherme Boulos (PSOL) nas últimas eleições, denunciou o atentado e pediu a prisão dos responsáveis pelo crime. “Toda solidariedade ao povo Guajajara da TI Cana Brava. Não descansaremos enquanto não prendermos esses vagabundos que fizeram isso!”, escreveu.

Matéria atualizada em 7 de dezembro de 2019, às 21h24.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum