Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de julho de 2019, 14h35

Vídeo: Barragem se rompe e inunda povoado de lama na Bahia; ainda não há informações sobre atingidos

Barragem se rompeu no distrito de Quati, cidade Pedro Alexandre, a cerca de 400 quilômetros de Salvador. Por causa da quantidade de lama, as estradas estão intransitáveis, o que dificulta o atendimentos pelos órgãos à população

Barragem rompe em Pedro Alexandre, na Bahia (Reprodução)

Uma barragem se rompeu no distrito de Quati, cidade Pedro Alexandre, localizada a cerca de 435 quilômetros de Salvador, por volta das 11 horas da manhã desta quinta-feira (11). Não há informações ainda sobre pessoas atingidas.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo informações da Defesa Civil da cidade, as fortes chuvas que caem na região do Rio do Peixe contribuíram para o rompimento da estrutura. Não há informações sobre feridos.

Por causa da quantidade de lama, as estradas estão intransitáveis, o que dificulta o atendimentos pelos órgãos à população.

Ainda não há detalhes sobre a composição da barragem. A Defesa Civil ainda não tem detalhes sobre o tamanho e a quem pertence a estrutura.

Veja vídeo do rompimento da barragem

Coronel João Sá
Carlinhos Sobral, prefeito de Coronel João Sá, que fica próxima a Pedro Alexandre e deve ser atingida pela lama, publicou um vídeo nas redes sociais alertando sobre o risco das pessoas continuarem nas casas.

“Pessoal, a barragem do Quati estourou. É uma situação atípica. Nunca aconteceu isso com essa barragem. Nós não sabemos as consequências. Eu peço encarecidamente que todas a as pessoas que moram em área de risco que saiam das suas casas, que peguem seus documentos pessoais, peguem seus objetos de valores, o que puderem levar. A gente não sabe as consequências, nunca passamos por ela. É melhor prevenir. Estou monitorando. Todas as escolas já estão disponíveis para receber as pessoas”.

Atualizada às 14h56


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum