O que o brasileiro pensa?
15 de janeiro de 2020, 06h48

Bolsonarista é acusado de estuprar e matar a filha de 14 dias no Pará

Cleyton Ramos França foi preso em Santana do Araguaia, no Pará, após buscar atendimento juntamente com a mãe da criança no hospital, onde o bebê morreu. Ao limpar o corpo enfermeiras encontraram sinais de violência sexual

Cleyton Ramos França, que estuprou e matou filha de 14 dias no Pará (Reprodução/Facebook)

Apoiador de Jair Bolsonaro e “cidadão de bem”, Cleyton Ramos França foi preso em Santana do Araguaia, no Pará, pelo estupro e assassinato da filha, Maria Vitória, 14 dias após o nascimento da menina.

Cleyton foi preso preventivamente por ordem do juiz Erichson Alves Pinto, da Comarca de Santana. Ele converteu o flagrante em prisão preventiva, “em face da necessidade de garantir a ordem pública e assegurar a aplicação da lei penal”.

O caso aconteceu no sábado (11), quando os pais buscaram atendimento no hospital de Santana. O bebê, no entanto, morreu pouco tempo depois por insuficiência respiratória.

Quando as enfermeiras foram limpar o bebê, perceberam que havia sinais de violência sexual e acionaram a polícia, que prenderam o pai em flagrante,ainda no hospital.

Nas redes sociais, Cleyton se mostra eleitor de Jair Bolsonaro em duas fotos do perfil, que tem na apresentação uma mensagem à chegada da filha: “Que venha com saúde , minha princesinha?? Maria Vitória ❤?”. Segundo o delegado, ele nega a autoria do crime.

As informações são do jornal Correio de Carajás.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum