Bolsonaro compartilha vídeo do ator que interpretava o Bozo para dizer que o apelido é positivo

Wanderley Tribeck, que se tornou pastor, gravou um vídeo dizendo para Bolsonaro sentir "orgulho" quando é chamado de Bozo

Em meio às críticas ao presidente Jair Bolsonaro que puderam ser observadas durante o Carnaval, o pastor evangélico Wanderley Tribeck, que interpretou o primeiro palhaço Bozo do Brasil nos anos 80, resolveu gravar um vídeo de apoio ao capitão da reserva.

Isso porque um dos principais apelidos de Bolsonaro entre seus opositores é Bozo. Para Tribeck, no entanto, a alcunha deve ser motivo de “orgulho”.

“A esquerda está elogiando nosso presidente quando chamam ele de Bozo. Porque o Bozo conquistou uma legião de amigos. As crianças que hoje têm seus 40, 45 anos, amaram o Bozo e continuam amando. Portanto, se o Bozo virou um ídolo, ele fez bem ao país. O Bozo não fazia nada de maldade. Portanto, Bolsonaro, tenha orgulho quando te chamam de Bozo, porque estão de chamando de uma pessoa boa”, disse Tribeck, que declarou ainda “amar” o presidente.

O vídeo foi compartilhado pelo próprio Bolsonaro. “Assista a mensagem do Bozo dirigida a Jair Messias Bolsonaro. Um exemplar profissional da alegria que encantou as crianças nos anos 80”, escreveu o presidente.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.