#Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de setembro de 2019, 11h53

Bolsonaro diz que acabou o monopólio do senhor Raoni e ataca mídia internacional

Durante seu discurso na ONU, Bolsonaro leu uma carta do Grupo de Agricultores Indígenas do Brasil em apoio à indígena bolsonarista Ysani Kalapalo e não economizou críticas ao cacique Raoni Metuktire

Foto: Reprodução/YouTube

Durante o seu discurso na abertura da 74ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York nesta terça-feira (24), Jair Bolsonaro leu uma carta do “Grupo de Agricultores Indígenas do Brasil” em apoio à indígena bolsonarista Ysani Kalapalo e finalizou dizendo que “acabou o monopólio do senhor Raoni”, referindo-se ao cacique Raoni Metuktire, líder indígena brasileiro do povo Caiapó.

“A visão de um líder indígena não representa a visão de todos”, disse o presidente, mencionando a presença de Ysani Kalapalo em sua comitiva, indígena da aldeia Tehuhungu, do Mato Grosso, apoiadora de Bolsonaro desde a campanha eleitoral e conhecida por ter assumido a culpa, em nome dos indígenas, pelas queimadas na Amazônia.

Em seus mais de 30 minutos de fala, o presidente também destinou parte do tempo para criticar a imprensa internacional pela publicação do que classificou como informações “sensacionalistas” sobre os incêndios na Amazônia e disse que é “falácia” afirmar que a floresta é patrimônio da humanidade.

Bolsonaro ainda disse que as ONGs tratam índios como “homens das cavernas” e que “índio não quer ser pobre em cima de terra rica”.

Em seguida, o presidente defendeu a exploração das reservas indígenas, citando como exemplo as terras Yanomami e Raposa Serra do Sol. “Grande parte das comunidades indígenas têm ouro, diamante, nióbio, entre outros. Esses territórios são enormes (…) Não estão preocupados com o ser humano índio”, disse. 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum