Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de fevereiro de 2020, 07h08

Bolsonaro ignora interpelação judicial e pode ser processado por atacar família de Glenn

Um mês depois de receber a notificação do STF, o presidente ainda não respondeu e pode ser processado

Bolsonaro e Glenn Greenwald - Foto: Montagem

O presidente Jair Bolsonaro segue ignorando a notificação do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a interpelação judicial apresentada contra ele pelo jornalista Glenn Greenwald, do Intercept Brasil. O documento, entregue há um mês, contesta Bolsonaro por ataques contra a família do jornalista. No entanto, por conta do silêncio, o presidente pode ser processado.

Em julho do ano passado, durante as reportagens que apontaram troca de mensagens comprometedoras entre Sergio Moro e procuradores da Lava Jato, Bolsonaro fez referência a uma portaria do ex-juiz, que estabelece um rito sumário de deportação de estrangeiros considerados “perigosos”.

“Ele (Glenn) não se encaixa na portaria. Até porque ele é casado com outro homem (o deputado federal David Miranda, do PSOL-RJ) e tem meninos adotados no Brasil. Malandro, malandro, para evitar um problema desse, casa com outro malandro e adota criança no Brasil”, disparou Bolsonaro.

Com isso, o presidente deixou a entender que o objetivo do editor do The Intercept Brasil era, supostamente, evitar ser deportado em função das denúncias da Vaza Jato.

A ministra Rosa Weber, do STF, sorteada para analisar a interpelação, afirmou que Bolsonaro deve esclarecer as “expressões caracterizadas por dubiedade, equivocidade ou ambiguidade”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum