Bolsonaro leva Carluxo para almoçar em restaurante de Brasília e promove aglomeração

Filho do presidente, que é vereador pelo Rio de Janeiro, tem trânsito livre no Planalto e acompanhou o pai durante um passeio, em mais uma cena de desrespeito aos protocolos contra a Covid

O presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (13), um dia após o Brasil bater novo recorde na média móvel de casos diários do coronavírus, voltou a provocar aglomeração. O chefe do Executivo almoçou em um restaurante na Vila Planalto, em Brasília.

Quando chegou, o presidente encheu o restaurante com sua comitiva: estavam presentes os ministros Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, Fabio Faria, das Comunicações, além de parlamentares, assessores e seguranças.

Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente, também estava presente. Apesar de ser vereador pela cidade do Rio de Janeiro, Carluxo tem trânsito livre no Planalto e tem por hábito fazer visitas ao pai fora da agenda.

O próprio almoço desta quarta-feira, inclusive, não constava na agenda oficial da presidência.

Ao chegar e ao sair do estabelecimento, Bolsonaro provocou forte aglomeração, abraçando pessoas e posando para selfies. Ninguém usava máscara.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.