Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de janeiro de 2020, 11h08

Cacique Raoni reúne lideranças indígenas no Xingu contra ameaças de Bolsonaro

Cerca de 450 lideranças indígenas de todo o país, homens e mulheres, participam do encontro

Cacique Raoni (Foto: Arquivo/EBC)

Cerca de 450 lideranças indígenas de todo o país, homens e mulheres, participam do Encontro dos Povos Mebengokrê, que se iniciou nesta terça-feira (14) e é organizado por uma das vozes mais respeitadas mundialmente sobre meio ambiente e luta indígena, Cacique Raoni. Encontro acontece na Terra Indígena Capoto Jarina, às margens do rio Xingu, no Mato Grosso, e vai até sexta-feira (17).

O tema central de debate será as crescentes ameaças aos povos originários no primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro. Questões como demarcação de terras, mega empreendimentos que afetam territórios e desmonte das políticas indigenistas são alguns dos temas que serão abordados.

“Nos últimos 12 meses, o mundo vem acompanhando a crescente onda de ameaça aos povos tradicionais brasileiros. Nesta oportunidade, indígenas de diferentes gerações pretendem elaborar um plano de ação em conjunto para enfrentar o problema”, diz a organização do evento.

Outra problemática que deve estar presente no debate é a possível autorização de exploração de territórios indígenas, proposta finalizada por Bolsonaro no último final de semana e que seguirá para votação no Congresso.

O documento autoriza mineração, pecuária, construção de hidrelétricas, prospecção de petróleo e gás, agricultura, e até turismo nas áreas demarcadas. De acordo com o texto, indígenas deverão ser consultados sobre o projeto, mas não terão poder de veto.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum