Casal desaparece na frente dos filhos ao mergulhar em rio de Cubatão (SP)

O homem começou a se afogar e a esposa tentou ajudá-lo, mas como ela não sabia nadar, acabou levada pela correnteza junto com o marido; bombeiros ainda realizam buscas

Um casal desapareceu no Rio Perequê, que fica dentro do Parque Ecológico Cotia Pará, em Cubatão (SP), neste domingo (21). Jussara Xavier Raimundo tentou salvar o marido, Florisvaldo Neto Xavier, mas ambos desapareceram depois da formação de uma cabeça d’água.

Os dois aproveitavam o primeiro final de semana das férias com os três filhos e alguns parentes, no local que costumavam frequentar havia muitos anos. No entanto, a forte correnteza pegou os dois de surpresa. Os bombeiros realizam buscas no canal.

Cabeça d’Água é um fenômeno natural que ocorre depois de fortes chuvas, causando aumento no volume de água do rio e provocando enxurrada.

As vítimas moram em São Vicente, litoral paulista. De acordo com Daiane Aparecida Raimundo, sobrinha do casal, ambos estavam acompanhados dos filhos, da cunhada de Florisvaldo e de outros parentes.

Pouco antes de irem embora, Florisvaldo quis dar mais um mergulho. De repente, os parentes viram que ele foi puxado com força pela correnteza e desapareceu. Jussara pulou atrás e também começou a se afogar. As pessoas que estavam no local pegaram um galho e tentaram salvá-la. Porém, ela não tinha mais força e também desapareceu.

Desde 15 horas de domingo, horário do desaparecimento, os bombeiros buscam pelas vítimas no perímetro do rio. Os trabalhos foram paralisados na noite de domingo e retomados nesta segunda (22).

A família de Jussara mora no Rio de Janeiro e está a caminho da Baixada Santista para acompanhar as buscas.

Outras vítimas

A cabeça d’água deixou outras 16 pessoas ilhadas. O grupo era acompanhado por um monitor do Parque Ecológico Perequê. Por volta das 15h20, os bombeiros foram chamados. Além da corporação, o helicóptero Águia, da Polícia Militar (PM), foi utilizado para resgatar as vítimas.

Com informações do G1 e do UOL

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR