#Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de setembro de 2019, 12h38

Caso Neymar: Polícia indicia Najila por extorsão, fraude processual e denúncia caluniosa

A modelo acusou o jogador de estupro, durante encontro em Paris, no dia 15 de maio; ex-marido também foi denunciado

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de São Paulo indiciou, nesta terça-feira (10), a modelo Najila Trindade Mendes de Souza por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão. A jovem acusou Neymar de estupro, durante encontro em Paris, França, no dia 15 de maio.

Estivens Alves, ex-marido de Najila, também foi denunciado, mas por fraude processual e divulgação de conteúdo erótico.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, a delegada decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet”, aponta nota da Secretaria de Segurança Pública.

“Após o esclarecimento da materialidade delitiva, procedida à realização das respectivas perícias e oitivas, a autoridade também decidiu pelo indiciamento de N. nos crimes de denunciação caluniosa e extorsão”, acrescenta a mensagem.

Sigilo

O próximo passo agora é o envio dos inquéritos, sob segredo de Justiça, para o Tribunal de Justiça para apreciação dos representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum