Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de fevereiro de 2020, 23h01

Com Ceagesp alagada, pode faltar alimento em São Paulo

Local deve passar por assepsia com cloro e limpeza pode demorar dois dias

Divulgação

Quase toda a mercadoria da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) será perdida devido ao alagamento do local. Quem afirma é Paulo Murad, diretor do Sincomat (Sindicato do Comércio Atacadista de Hortifrutigranjeiros e Pescados). Em entrevista ao UOL, ele conta que frutas, verduras e pescados afetados pelas águas serão descartados. “Perda total. Nada do que está lá vai ser aproveitado. Se aproveitar 15%, é muito”, disse. Há risco de falta de alimentos e de os preços dispararem na capital paulista nos dias que virão.

A feira de pescados e a feira de flores, que aconteceriam na madrugada desta terça-feira (11), foram canceladas. Em nota, a entidade diz que “está tomando as medidas possíveis para retomar as atividades o mais rápido possível.”

De acordo com Murad, água da enchente na Ceagesp está baixando, mas o acesso seguia bloqueado até o final da tarde desta segunda (10). Os prejuízos só poderão ser calculados depois que a entrada dos funcionários for liberada e o local passar com uma assepsia com cloro. A limpeza deve durar dois dias. O diretor do sindicato vê o risco de falta de abastecimento na cidade e o aumento de preços.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum