Fórum Educação
27 de março de 2020, 08h40

Com lucros recordes em anos anteriores, bancos aumentam juros e restringem negociação

A Febraban, entidade que representa o setor, declarou poucos dias atrás que bancos estão "sensíveis ao momento de preocupação" com o coronavírus

Isaac Sidney, presidente recém-eleito da Febraban (Reprodução)

Empresários de pequenos e médios negócios, executivos e representantes de entidades do setor privado contam que, em meio à pandemia do coronavírus, os maiores bancos do país elevaram os juros em todas as operações e estão restringindo negociações. Há casos em que as taxas dobraram e até triplicaram.

A informação é da Folha de S.Paulo, que revela que as taxas de juros foram elevadas de uma semana para outra. Empresários entrevistados pelo jornal – e que não quiseram ter seus nomes revelados – também criticam o fato de os bancos não estão oferecendo recursos liberados pelo Banco Central (BC) para dar alívio às empresas.

O cenário é totalmente oposto ao que foi anunciado este mês pela Febraban, entidade que representa os bancos. A federação, que elegeu nesta sexta-feira (27) seu novo presidente, Isaac Sidney, disse que as cinco maiores instituições financeiras do país estavam abertas para discutir a prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de empresas.

Em nota, a entidade chegou a dizer que os bancos associados estavam “sensíveis ao momento de preocupação dos brasileiros com a doença provocada pelo novo coronavírus e vêm discutindo propostas para amenizar os efeitos negativos dessa pandemia no emprego e na renda”.

Apesar da austeridade na negociação com empresários, principalmente neste momento sensível da economia, os quatros maiores bancos brasileiros com ações na Bolsa – Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco e Santander – lucraram, juntos, R$ 69 bilhões no ano passado.

O lucro conjunto desses bancos cresceu 19,88% de 2017 para 2018, superando com folga os principais indicadores da economia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum