Confederação Israelita condena declaração de Nise Yamaguchi e apoia Einstein

Confederação Israelita Brasileira (Conib) divulgou nota em que repudia a comparação da médica entre a pandemia e o holocausto

A Conib (Confederação Israelita do Brasil) divulgou, neste sábado (11), nota oficial repudiando a comparação feita pela médica Nise Yamaguchi entre a pandemia e o holocausto. Após a declaração, em que chamou os judeus de “massa de rebanho”, Yamaguchi foi afastada de suas funções no Hospital Israelita Albert Einstein.

A Conib considerou “deploráveis” as declarações da médica e manifestou seu “total apoio” ao hospital. “Comparações desse tipo não têm qualquer fundamento, minimizam os horrores do nazismo e ofendem a memória das vítimas, dos sobreviventes e de suas famílias”, diz a nota.

Após ser afastada do Einstein, Yamaguchi afirmou, em entrevista ao SBT, que a determinação do hospital teria acontecido devido ao seu posicionamento em favor do uso da hidroxicloroquina para combater o coronavírus.

O hospital, porém, divulgou uma nota de esclarecimento onde afirmou que o afastamento de Yamaguchi aconteceu devido à declaração feita pela médica em que comparou a pandemia ao holocausto. “Você acha que alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar aquela MASSA DE REBANHO de judeus famintos se não os submetessem diariamente a humilhações”, teria dito Yamaguchi.

Após a nota divulgada pelo Einstein, a médica afirmou, por meio de sua assessoria jurídica, que não é antissemita e “foi ela a maior apoiadora do processo de conversão da sua irmã para o Judaísmo”.

Confira na íntegra a nota da Conib:

São deploráveis as declarações da médica Nise Yamaguchi comparando a tragédia do Holocausto, que causou a morte de 6 milhões de judeus inocentes, além de outras minorias, com a atual pandemia do coronavírus. Comparações desse tipo não têm qualquer fundamento, minimizam os horrores do nazismo e ofendem a memória das vítimas, dos sobreviventes e de suas famílias.

A politização da medicina só contribui para a disseminação desta pandemia. Nosso total apoio ao Hospital Israelita Albert Einstein, referência médico-hospitalar de nosso país e orgulho da comunidade judaica.

Confederação Israelita do Brasil

Federação Israelita do Estado de São Paulo

Avatar de Gabriella Sales

Gabriella Sales

Estudante de Jornalismo na ECA-USP e estagiária da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR