O que o brasileiro pensa?
01 de agosto de 2020, 13h14

Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim, dá adeus e encerra as atividades

Decisão ocorre um ano após a morte do jornalista. "Há sim pessoas insubstituíveis", diz nota publicada pelo editor Leonardo Miazzo

Paulo Henrique Amorim, em seu estúdio do Conversa Afiada (Reprodução)

O portal Conversa Afiada anunciou neste sábado (1º) o encerramento de suas atividades. Decisão ocorre um ano após o falecimento do jornalista de Paulo Henrique Amorim, fundador do site.

De acordo com nota publicada pelo editor Leonardo Miazzo, os últimos meses representaram “um desafio duplamente extenuante” por conta da “ausência irreparável” de Amorim, além dos desafios de se construir um portal de notícias independente e progressista.

O portal também informou que, apesar de encerrar as suas atividades, permanecerá no ar. “Os artigos, as reportagens e os vídeos que tiraram o sono dos inimigos da democracia e dos vendilhões da pátria continuarão à disposição dos amigos navegantes”, diz a nota.

“Em todas as plataformas possíveis, a luta pela democracia e em defesa da liberdade de expressão continuará. Afinal, é essa a melhor homenagem possível ao ansioso blogueiro; é, também, a mais sincera demonstração de respeito e gratidão ao patrono deste espaço, a quem agradeço – em nome de toda a equipe – pela sabedoria e pela confiança compartilhadas”, finaliza.

Nocaute

Nesta semana, o blogue Nocaute, projeto que nasceu em outubro de 2016, também declarou o encerramento de suas atividades. A decisão foi anunciada pelo responsável pelo portal, o jornalista e escritor Fernando Morais, que tem uma vasta obra literária e jornalística.

“O dinheiro era pouco e se acabou. Conseguimos sobreviver mais de três anos, sempre com a corda no pescoço. Temos repetido aqui o bordão de que ‘Tempos perigosos exigem jornalismo corajoso’. Mas fazer jornalismo e corajoso e independente tem um custo”, escreveu, informando ainda que o fim do blogue se dará nesta sexta-feira (31).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum