Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de janeiro de 2020, 09h35

Coordenadora da Biblioteca Nacional manda faxineiro sair de elevador social e é investigada por racismo

Câmeras do prédio filmaram o momento em que a coordenadora manda seguranças retirarem o faxineiro do elevador

Biblioteca Nacional (Reprodução/Facebook)

A coordenadora-geral de Planejamento e Administração da Biblioteca Nacional, Tânia Pacheco, está sendo investigada por supostamente cometer crime de racismo no último dia 10 de janeiro.

Segundo reportagem de Catia Seabra, na edição deste sábado (18) da Folha de S.Paulo, Tânia teria pedido para o faxineiro uniformizado se retirar do elevador social do prédio para usar um com paredes revestidas.

As câmeras do prédio filmaram o momento em que a coordenadora manda seguranças retirarem o faxineiro do elevador.

O caso foi registrado na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância para ser investigada a ocorrência de crime tratado no artigo 20 da Lei Caó, que prevê até três anos de prisão por discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum