Autor de PL contra obrigatoriedade da vacina, deputado do MT morre por complicações da Covid

O bolsonarista Silvio Fávero (PSL) era defensor da utilização de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com coronavírus

O deputado estadual pelo Mato Grosso, Silvio Antônio Fávero (PSL), 54 anos, morreu, no início da tarde deste sábado (13), em decorrência de complicações da Covid-19.

Conhecido pelo temperamento e declarações intempestivas ao defender Jair Bolsonaro, o parlamentar utilizou inúmeras vezes a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar o isolamento social, o uso da máscara e a vacinação.

Fávero era defensor da utilização de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19, medicação sem qualquer eficácia para tratar a doença e sem comprovação científica.

Infecção generalizada

Ele estava internado desde o dia 4 de março. De acordo com a assessoria de imprensa, o quadro de saúde se agravou nesta madrugada e o deputado teve infecção generalizada.

Fávero apresentou, em fevereiro de 2021, um projeto de lei (PL) estadual “para assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação”.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.