Queiroga mente sobre número de pessoas que receberam duas doses da vacina contra Covid-19

Ministro da Saúde diz que o país já imunizou 18% da população, mas, de acordo com balanço da vacinação do consórcio de veículos de imprensa, este número é de apenas 7,49%

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde do governo de Jair Bolsonaro, mentiu, nesta segunda-feira (3), a respeito da quantidade de brasileiros que já receberam as duas doses de vacina contra Covid-19.

“Hoje, já temos imunizados com as duas doses cerca de 18% da população brasileira. Isso é um dado importante e vamos avançar mais. Mais de 70 milhões de doses de vacinas já [foram] distribuídas”, declarou o ministro, em encontro com empresários na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Porém, de acordo com balanço da imunização no país, realizado pelo consórcio de veículos de imprensa, e atualizado neste domingo (2), apenas 7,49% (15.869.985) dos brasileiros receberam a segunda dose. Os que receberam apenas a primeira dose são 15%, ou 31.875.681 pessoas.

Além disso, conforme informou o site do próprio Ministério da Saúde, foram distribuídas 64 milhões de doses e não 70 milhões, como declarou Queiroga.

Pfizer

O ministro disse, ainda, que “um contrato com a Pfizer já está na iminência de ser fechado, para 100 milhões de doses de vacina. Ou seja, o Brasil terá à disposição da sua sociedade 200 milhões de doses da vacina Pfizer”.

Ele voltou a dizer que toda a população brasileira será vacinada até o final de 2021.

Com informações de G1 e Carta Capital

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.