Vacina da Johnson & Johnson contra a Covid é aprovada nos EUA

O imunizante desenvolvido pela Janssen é de dose única; a farmacêutica faz o processo de submissão contínua na Anvisa

O Departamento de Alimentos e Medicamentos (FDA), entidade que cumpre papel similar ao da Anvisa no Brasil, autorizou neste sábado (27) o uso emergencial da vacina desenvolvida pela farmacêutica Janssen, do grupo Johnson & Johnson’s.

“FDA determinou que a vacina atendeu aos critérios legais utilização nos EUA. A totalidade dos dados disponíveis fornece evidências claras de que pode ser eficaz na prevenção da COVID-19”, diz trecho de comunicado da agência.

Janet Woodcock, diretora da FDA, afirmou que “a autorização dessa vacina amplia a disponibilidade de vacinas, o melhor método de prevenção médica para Covid-19, para nos ajudar na luta contra esta pandemia, que ceifou mais de meio milhão de vidas nos Estados Unidos”.

Essa é o terceiro imunizante autorizado pela FDA. O país já está aplicando vacinas da Pfizer e da Moderna. A vacina da Janssen é de dose única.

Na sexta-feira, após a Comissão , o conselheiro da Casa Branca para a Covid-19, Andy Slavitt disse que “uma terceira vacina segura e eficaz é uma notícia muito bem-vinda”.

O imunizante passou por testes no Brasil e a Janssen realiza o processo de submissão contínua na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.