Craque Neto detona Luciano Huck, colunista da Folha e Ana Maria Braga: “Babaca, safado….”

Indignado, o ex-jogador não poupou adjetivos para criticar o que ele considerou ter sido um desrespeito com a família de Marília Mendonça e a memória da cantora; veja aqui

O comentarista e ex-jogador Neto, conhecido como Craque Neto, se revoltou com o que ele considerou ataques gordofóbicos à cantora Marília Mendonça feitos pelo apresentador Luciano Huck, que ele chamou de “babaca, safado, sem-vergonha, idiota e imbecil”.

Os ataques de Neto foram feitos durante o programa Os Donos da Bola, nesta segunda-feira (8), na Rádio Bandeirantes, em que sobraram farpas também para Ana Maria Braga e ao jornalista da Folha Gustavo Alonso.

Indignado, o ex-jogador não poupou adjetivos para criticar o que ele considerou ter sido um desrespeito com a família e a memória da cantora, que morreu na última sexta-feira, vítima de um acidente aéreo.

Huck

Durante um tributo à artista em seu programa dominical na Globo, Huck contava que havia encontrado Marília e as também sertanejas Maiara e Maraisa, que eram muito amigas, quando sem qualquer razão fez um comentário sobre a forma física das três cantoras.

“Há três semanas eu estive com elas, aliás, metade das três, porque elas estavam magrinhas”, disse o apresentador do Domingão com Huck, tentando fazer graça e estendendo a pronúncia da letra “i”, de “magrinha”.

Ana Maria Braga

Ana Maria Braga comentou sobre a mudança no corpo da artista. “Ela fez tanto pra chegar nesse shape lindo, físico, né? Ela emagreceu, criando um caminho pra ela, que fazia sentido, com esse vozeirão. E, de repente, ironia do destino que morreria dali a quatro, cinco dias”, disse.

Obituário da Folha

Já o repórter da Folha Gustavo Alonso, um tanto mais agressivo, disse que Marília “nunca foi uma excelente cantora. Seu visual também não era dos mais atraentes para o mercado da música sertaneja”. Além disso, o repórter da Folha afirmou que “Marília Mendonça era gordinha e brigava com a balança. Mais recentemente, durante a quarentena, vinha fazendo um regime radical que tinha surpreendido a muitos. Ela se tornava também bela para o mercado. Mas definitivamente não foi isso que o Brasil viu nela”.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.