sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Crise faz consumidores comprarem quase 1 milhão de pacotes de papel higiênico na Black Friday

O produto mais vendido na Magazine Luiza durante a Black Friday, que aconteceu na última sexta-feira (29), não foi televisão ou celular, mas sim papel higiênico. A loja vendeu 960 mil unidades do produto, nas lojas físicas e online. Fenômeno revela que o brasileiro ainda sofre com os impactos da crise, optando por promoções de produtos essenciais em detrimento do que é considerado “supérfluo”.

De acordo com um levantamento feito pelo Promobit, empresa que compara as principais ofertas da internet, nas últimas edições da Black Friday o papel higiênico também reinou, dessa vez um folha tripla com 24 Rolos vendidos a R$ 10,90. Na lista também aparecem promoções em fast-foods e cervejas.

Além do papel higiênico, a Magazine Luiza também registrou recorde nas vendas de pilhas e kits de cerveja: 400 mil e 50 mil, respectivamente.

Apesar da venda de produtos inesperados, os demais itens mais procurados não revelam surpresas. As categorias moda e acessórios, entretenimento, beleza, perfumaria e saúde, eletrodomésticos e ventilação e telefonia foram as mais representativas, segundo o Compre&Confie.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.