Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de janeiro de 2020, 07h16

Datafolha: Mulheres e negros são maioria entre evangélicos brasileiros

Congregações neopentecostais, como a Universal do Reino de Deus e a Renascer em Cristo, atingem um público 69% feminino

Igreja evangélica em Minas Gerais (Foto: Gazeta Central)

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (13) revelou que as mulheres são a maioria entre os evangélicos do país. Ao todo, elas representam 58% deste grupo religioso, que é mais representativo na região Norte. Negros possuem porcentagem semelhante e somam 59% dos fiéis.

Em algumas igrejas evangélicas, como as congregações neopentecostais Universal do Reino de Deus e a Renascer em Cristo, a participação feminina chega até 69%. A presença de mulheres nas igrejas evangélicas também é maior em comparação com as católicas. Entre adeptos desta última, mulheres são 51%, e homens, 49%. Compatível, portanto, com a representação dos dois gêneros na sociedade.

Ainda, o universo evangélico é mais negro do que o católico. Os que se declaram pretos ou pardos são 59% no primeiro grupo e 55% no segundo. Já os brancos, no catolicismo, são 36%, contra 30% do grupo evangélico.

Outro dado do Datafolha mostra que mais velhos tendem a preferir o catolicismo: 25% dos idosos segue a linha do Vaticano, e 16%, a evangélica. A renda, no entanto, é similar. Nos dois grupos, quase metade ganha até dois salários mínimos, e 2% diz viver com mais de 10 salários mínimos.

Evangélicos fazem parte do núcleo de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. No entanto, segundo o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, mulheres e negros mantém opiniões divergentes das que predominam nas igrejas. “São os segmentos mais críticos ao governo Bolsonaro, que tem apoio explícito dos bispos. Para muitos evangélicos, especialmente os mais pobres, a realidade violenta e carente das periferias se sobrepõe às possíveis orientações políticas dos cultos”, disse, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

 

 

 

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum