Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de abril de 2019, 16h47

Dentista do Piauí é condenada por racismo: “Você saiu da senzala, mas a senzala não saiu de você”

Delzuíte Ribeiro de Macêdo foi condenada a dois anos e quatro meses de prisão por conta de mensagens de cunho racista postadas nas redes sociais

Foto: Reprodução/Facebook

A 1.ª Vara da Comarca de São Raimundo Nonato, no Piauí, condenou a dentista Delzuíte Ribeiro de Macêdo a dois anos e quatro meses de reclusão pelos crimes de injúria racial e racismo e três meses de detenção pelo crime de tentativa de lesão corporal leve. A decisão é do juiz Carlos Alberto Bezerra Chagas e foi proferida na última terça-feira (16).

Delzuíte poderá recorrer à sentença em liberdade.

De acordo com a acusação, a dentista postou mensagens de cunho racista contra um contato de suas redes sociais. “Já vi que você saiu da senzala, porém a sensala ainda não saiu de você”, escreveu em uma das postagens. “Eu só respondo: não amiga! Não me interesso por gente que nunca chegará ao meu tom de pele”, disse em outra, em meio a uma sequência de publicações.

“Uma coisa eu caprichei nessa vida: eu não misturo o meus sangue com merda!”, completou ainda.

Para o juiz, “foi comprovada a prática dos crimes de tentativa de lesão corporal, injúria preconceituosa/racial e racismo qualificado por meio de provas materiais e indícios suficientes de autoria da ré.

As postagens datam de abril do ano passado.

Delzuíte ainda não se manifestu sobre a sentença.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum