O que o brasileiro pensa?
31 de maio de 2020, 11h22

Depois da Ku Klux Klan, bolsonaristas reeditam Marcha da Família com Deus e pedem fechamento do STF

Apoiadores de Jair Bolsonaro voltaram a se aglomerar em manifestações golpistas em Brasília, inclusive com referências à marcha que preparou o terreno para o golpe militar de 1964

Foto: George Marques

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro tiraram o final de semana para voltar a um passado sombrio. Na madrugada deste domingo (31), Sara Winter liderou um ato contra o Supremo Tribunal Federal (STF) com claras referências às marchas da Ku Klux Klan (KKK), movimento supremacista estadunidense.

Já na manhã de domingo bolsonaristas voltaram às ruas de Brasília em mais uma manifestação golpista, desta vez reeditando a Marcha da Família com Deus Pela Liberdade. A original, realizada por conservadores em São Paulo, em março de 1964, e é considerado um dos principais atos que preparou o terreno para o golpe militar que culminou nos anos de chumbo do Brasil.

Convocada pelas milícias digitais, que tem entre seus expoentes o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, a manifestação deste domingo, além de ter como intuito declarar apoio a Bolsonaro, visa fazer frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), que avançou no inquérito sobre fake news e ataques às instituições promovidos pelo chamado gabinete do ódio, com financiamento de empresários.

Sem proteção e aglomerados, os manifestantes pedem o fechamento do STF e do Congresso Nacional.

Confira nos vídeos do jornalista George Marques.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum